6ªf 
das
10h-14h
 

 O que é

a Musicoterapia 

Musicoterapia é uma abordagem terapêutica expressiva e criativa, baseada na vivência da/na relação, que recorre ao uso clínico de experiências e actividades musicais, feita por um profissional qualificado em musicoterapia, para atingir os objectivos e as metas identificadas dentro da relação terapêutica.


A Federação Mundial de Musicoterapia, considera a musicoterapia como a utilização da música e/ou seus elementos (som, ritmo, melodia, harmonia) por um Musicoterapeuta qualificado, com cliente ou grupo, num processo terapêutico, para
facilitar e promover a comunicação, relação, aprendizagem, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes no sentido de alcançar necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.

A Musicoterapia desenvolve e/ou restabelece funções do indivíduo para que ele possa alcançar uma melhor integração intra e/ou interpessoal e, consequentemente uma melhor qualidade de vida pela prevenção, reabilitação ou tratamento.
 
Em geral a Musicoterapia permite a tomada de consciência e desenvolvimento da identidade corporo-sonora-musical de si e do outro(s); facilita o contacto psicofisiológico, a consciência e a relação; desenvolve as competências pessoais: como a escuta, a aceitação, a empatia, a expressão, o imaginário, a criatividade e a atitude transformativa; promove o  desenvolvimento da comunicação e da expressão, e permite uma intervenção alternativa e/ou complementar para as psicoterapias verbais.

 

Quais são
os objetivos?

A Musicoterapia intervém em pessoas que vivem desafios relacionados com questões de saúde mental, perturbações da comunicação e da relação, problemas do desenvolvimento ou aprendizagem, autismo, problemas neurológicos, adições, trauma, dor crónica e aguda, demência, cuidados continuados e paliativos.

A Musicoterapia não tem efeitos secundários adversos, e pode ser utilizada em conjunto com outros tratamentos e terapias.

 

O que fazem os musicoterapeutas?

Os musicoterapeutas planificam e facilitam sessões de musicoterapia com base nas necessidades do cliente/grupo, suas preferências musicais, e tipo de actividade musical (improvisação, escuta musical, escrita de canções, a reflexão de letras, música e actividade imagénica) em complementaridade com outras actividades expressivo-relacionais (pintura/desenho, movimento e dança, jogo, poesia, contar histórias,
teatro/drama) e partilha verbal.

Na intervenção em equipas participam na planificação do tratamento interdisciplinar, na avaliação contínua, acompanhamento e monitorização.

 

O que acontece
numa sessão de musicoterapia?

Um musicoterapeuta pode trabalhar com uma pessoa individualmente, ou com um grupo. A intervenção pode ocorrer em diferentes contextos, como hospitais, escolas, prisões, lares, empresas, residências próprias ou em contexto de trabalho privado, dependendo das necessidades dos participantes. Deste modo, cada terapeuta irá desenvolver a estrutura de sessão dependendo da natureza das questões e
necessidades identificadas.
No entanto, existe um formato que orienta os pressupostos iniciais da intervenção em musicoterapia. Deste modo, o terapeuta irá procurar um conhecimento inicial, a dois, para identificar com a(s) pessoa(s) as suas necessidades, o motivo porque procura a musicoterapia, o percurso das experiências “corporo-sonoro-musicais”, as preferências musicais, entre outras.
Este início pode começar com uma simples conversa, quando é possível o verbal, e noutros momentos podemos iniciar com as experiências musicais para promover o envolvimento e a facilitação da expressão emocional e de sentimentos. Estas descobertas iniciais são o mote para o trabalho terapêutico subsequente.

O musicoterapeuta pode encorajá-lo a participar com a voz ou com o tocar um instrumento, podendo ser solicitado sobre a forma como a experienciou. Às vezes podem ser introduzidos outros mediadores expressivos.

 

Qual a duração
da sessão?

 As sessões têm aproximadamente 45 minutos para atendimento individual, e a duração de 60 min. para grupos(até cinco elementos). (acresce o valor da deslocação se a mesma sessão não for neste espaço).

 

É preciso saber tocar um instrumento ou ter competências musicais?

 Não! A experiencia corporo-sonoro-musical é inerente a todas as pessoas. E partindo desta, e da relação estabelecida, que as experiencias musicais em musicoterapia pode beneficiam os participantes.

 

Certos tipos de música são mais terapêuticos?

Todos os estilos de música podem ser úteis para efetuar a mudança na vida de um cliente. As preferências individuais, circunstâncias e necessidade de tratamento, e os objetivos do cliente ajudam a determinar os tipos de música que se pode utilizar.

 

Quanto custa?

Sessão Individual; Sócios 30€  |   Não sócios 40€
Sessão de Grupo: Sócios 25€/participante  | Não sócios 30€/participante
(min 3 - max 5) 

Artur Correia, Psicopedagogo e Musicoterapeuta (MTC) certificado pela APMT, com Mestrado em Musicoterapia

 

Responsável pelo “Som Capaz de Ser – Musicoterapia, Saúde e Bem estar”, tem desenvolvido desde 2004, trabalho de intervenção  musicoterapêutica em contexto hospitalar e unidades de cuidados de saúde mental (pessoas com doença mental cronica e adições), em foros socio-ocupacionais (pessoas com doença mental crónica e/ou em situação de reabilitação psicossocial), nas unidades de cuidados continuados (adultos com deficiência intelectual, co-morbilidade de doença mental e doença neurológica), em lares e centros de dia (pessoas idosas com e sem doenças do foro neurológico), em escolas (problemas do comportamento e aprendizagem), nas unidades de ensino estruturado (crianças e jovens com perturbações globais do neurodesenvolvimento), em clinica privada (crianças, jovens e
adultos com necessidades especiais), em intervenção comunitária (promoção do desenvolvimento pessoal e bem estar em grupo), empresas e instituições (team building, comunicação e relação em equipa, liderança).

 

Psicomindcare 2020. Todos os direitos reservados. 
Os conteúdos deste website podem ser alterados sem aviso prévio.

NIPC: 510 263 631